O CLIMATÉRIO A PERÍMENOPAUSA, E A MENOPOAUSA, INDICA O MOMENTO EM QUE SUA MATURIDADE NECESSITA DE AVALIAÇÕES CLINICA, LABORATORIAL E DE IMAGENS, POIS ESTES FATORES PODERÃO INTERVIR DE FORMA DRAMÁTICA NA SUA QUALIDADE DE VIDA, POIS JUNTO COM A SÍNDROME DE CLIMÁTERIO E MENOPAUSA, ACOMPANHARÃO OUTROS SINTOMAS COMO FOGACHOS, FRIACHOS, MAS ALÉM DE OUTROS, EM QUE A SITUAÇÕES QUE PODERAM LHE ACOMETER COMO A OBESIDADE, SOBREPESO, OBESIDADE ABDOMINAL, VISCERAL, HIPERTENSÃO ARTERIAL, DIABETES MELLITUS, DEPRESSÃO, ANGUSTIA, ETC…

Os primeiros sintomas do climatério da perimenopausa e menopausa não devem lhe assustar, pois estes sintomas são apenas um alerta de que você terá que tomar uma série de medidas preventivas no sentido de não agravá-los na sequência da evolução de sua vida. É evidente que algo não vai bem, e você deve se organizar para que não haja um agravamento dos problemas, que podem ser passageiros ou não. . Toda mulher é diferente e tem sintomas diferentes, para faixas etárias e para fatores orgânicos. Nós podemos tirar não conclusões a partir dos sintomas de qualquer maneira.

 

É necessária uma avaliação profunda e detalhada a respeito de cada sintoma ou sinais apresentados pela síndrome do climatério, perimenopausa ou menopausa. Os sintomas vasomotores como sensação de calor, transpiração exagerada principalmente à noite, as sensações de frio intenso, provavelmente não são a causa mais grave a principio, embora profundamente desagradáveis, eles são uma reação, e eles precisam ser interpretado caso a caso até sabermos os mecanismos que podem estar ocorrendo em seu corpo, através de avaliações clinicas, de imagens, como mamografia, densitometria óssea, e exames laboratoriais, principalmente os hormonais, e não podemos esquecer os cardiovasculares. Poderá ser que experimentar ondas de flashes quentes mais cedo na vida representa uma resposta saudável ao alerta que algo esta diminuído em sua circulação, mais tarde na vida evitará uma situação mal-adaptativa, a resposta que pode explicar porque o mesmo representa um sintoma diferente e riscos, resultando em comprometimentos evolutivos graves.

 

É recomendo que ainda se concentram nos fatores de risco tradicionais – açúcar no sangue que levará invariavelmente ao diabetes mellitus tipo 2, não necessariamente insulino dependente, sobrepeso, obesidade, obesidade abdominal, intra visceral, ou central, de difícil solução e que invariavelmente mudada sua conformação corporal e dificultará sua identificação com a sua auto-imagem, a depressão decorrente de múltiplos fatores, a intolerância e agressividade, a ansiedade, hipertensão arterial, sedentarismo que deve ser evitado a qualquer custo, a nutrição absolutamente desbalanceada, evitar o tabagismo,( Fumar)… Colesterol total elevado, LDL mal colesterol alto, etc…

 

Se uma mulher tem ondas de calor ou não, não suplantará os fatores em sua importância, muito menos evitará toda a ação de ter indicação precisa efetuar a Reposição Hormonal de todos os hormônios que estarão eventualmente comprometidos, como a tirieopausa, (diminuição dos hormônios da tireóide, somatopausa (HGH), hormônios necessários para diversas funções, como cognição,raciocínio, memória, melhora da osteoporose, melhora da contratibilidade do coração, aumento da massa muscular, troca de gordura por musculatura e até a sensação de rejuvenescimento, além dos hormônios sexuais, etc. …Portanto não postergue seu sofrimento, se que existem terapêuticas para resolver ou suavizar os problemas que provavelmente apresentará.

 
12